Interpol

11 11 2007

Ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná, ná…
– Ná ná o diabo! Eu quero é rock, menino!

A muito tempo que eu não ouvia um rock desse jeito. É raro encontrar uma banda contemporânea de rock com essa qualidade. De quem eu estou falando? Interpol, ora bolas!
Nada de batidinhas do electropop ou o estilo despojado dos Strokes e Yeah Yeah Yeahs. Nova York volta a respirar anos 80 através de climas sombrios, sentimentos obsessivos, desolação e clima de (des)esperança. Estes são os ingredientes do Interpol, quarteto que tem entre suas influências máximas cultuadas bandas britânicas como Joy Division, Smiths, Cure e Echo & The Bunnymen.

Formada em 1998, sua formação original era: Paul Banks (voz e guitarra), Carlos Dengler (baixo e teclados), Greg Drudy (bateria) e Daniel Kessler (guitarra). Greg deixou a banda em 2000, e em seu lugar entrou Sam Fogarino. Continue lendo »

Anúncios